sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Receita de Ano Novo




"Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)
Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre."



Carlos Drummond  de Andrade




quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

ANJO DE DEZEMBRO...

200300278-001, Ulla Nyeman /Taxi

"Suponha que um anjo bata à sua porta. Não se espante: é final de ano e tradicionalmente, como os balões de junho, esta data é propícia ao aparecimento de anjos. Para evitar constrangimentos ou diálogos inúteis, você está sozinho em casa. Então o anjo bate, depois você larga o que estiver fazendo, abre a porta e convida-o para entrar e sentar, como se fosse a coisa mais natural do mundo.
Como a coisa mais natural do mundo, quando chega visita, também porque faz calor, e ainda ou principalmente porque algo em você sempre soube que deve-se ser gentil com anjos, você pergunta se ele gostaria de beber alguma coisa. Evite fazer isso: afinal, o que um anjo bebe? Café parece inadequado, quente demais para chá, difícil imaginar refrigerante ou cerveja, uísque ainda mais, suco de frutas talvez? Não ofereça nada, sequer faça qualquer comentário sobre o tempo ou aquelas perguntas para forçar intimidades tipo então, como vai o Gabriel?
Não, não pergunte nada. Pense apenas que, se um anjo bateu exatamente à sua porta nesta época do ano, e se tão exato entrou e sentou à sua frente, ninguém melhor do que ele saberá, com exatidão, o que fazer. Então espere. Não fique tentando descobrir se seria arcanjo, querubim ou serafim, nem se barroco, gótico ou medieval. Também tente serenizar a memória que certamente vai disparar feito computador, enumerando todas as imagens angélicas arquivadas desde a infância, ou até antes. Controle a tentação de achá-lo a cara daquele anjo da guarda com as mãos estendidas sobre as crianças à beira do abismo; afugente o anjo patético de García Márquez caído num galinheiro; esqueça o anjo cego Pygar carregando Barbarela pelos céus: um anjo é todos os anjos, sobretudo em dezembro. Concentre-se neste, pousado à sua frente.
Suponha que você está sentado imóvel e calado à frente de um anjo em sua própria casa, numa manhã ou tarde ou noite deste dezembro. Isso dura algum tempo, parado feito um fotograma. E atenção: estou certo que só depois que o anjo perceber que você parou de corpo e mente, e portanto abriu-se para ele, aceitando-o sem ohs!, é que vai começar a falar. Não uma voz de som, compreenda, mas uma voz dentro de você mesmo, muito clara, embora de certa forma abstrata, porque não-sonora. Com essa voz e nesse momento, o anjo vai dizer a você que pode pedir qualquer coisa. Mas qualquer, qualquer mesmo?, você pergunta ávido.
Calma, calma: chegamos ao ponto. Eu aviso porque sei que, quando o anjo falar, será muito fácil sua mente desenfrear-se desgovernada por carros, amores, apartamentos, viagens, iates e toda essa espécie de prazeres. Bastardos, bradará o anjo. Porque — atenção! — se você for pessoal, haverá em seguida um ruflar de asas, um clarão, e o anjo desaparecerá sem atender pedido algum, sem deixar nenhum sinal.
É que, a grande revelação eu faço agora, os anjos deste dezembro não são pessoais. Concentrado e fervoroso, então, peça pelo País, por este onde estamos agora os três. Eu, você, o anjo. Que se banhe de luz, peça, e não só isso, peça abstrações como justiça, paz, dignidade, honestidade, e peça ainda o concreto de estradas, escolas, trabalho, comida. Feche os olhos, enumere tudo, com todos os detalhes. Não importa que demore muito, e certamente vai demorar: o País tem todos os defeitos do mundo. Mas os anjos, eles também têm todo o tempo do mundo.
Agora abra os olhos. Suponha que você tenha terminado de ler este texto. Suponha que você não acredita em anjos. Suponha que você joga o jornal de lado aborrecido e assim nesse movimento de folhas voando, voa também entre elas uma pena pelo ar. Branca, leve, inconfundível. Que estranho, você pensa, parece de anjo. É neste momento que alguém bate à sua porta."


Caio Fernando Abreu
O Estado de S. Paulo, 11/12/1993

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

"Nunca tive medo de me mostrar. Você pode ficar escondido em casa, protegido pelas paredes. Mas você tá vivo, e essa vida é pra se mostrar. Esse é o meu espetáculo. Só quem se mostra se encontra. Por mais que se perca no caminho."



Cazuza

Quase lá...

“Contarás nos dedos os dias que faltam para que termine o ano, não são muitos, pensarás com alívio.”

Caio Fernando Abreu





Um Final Feliz Para Alanis



Os versos da canção tornaram-se realidade
 (...)
One day I'll be at peace / Um dia estrarei em paz
I'll be enlightened / Estarei esclarecida
And I'll be married with children / Estarei casada e com crianças

A cantora Alanis Morissette deu à luz a seu primeiro filho, Ever Imre Morissette-Treadway, neste sábado (25), informou nesta segunda-feira o site da revista "People".
A gravidez foi anunciada em agosto e, segundo um representante de Alanis, foi considerada uma surpresa agradável.
"Todos estão em bom estado de saúde e felizes", informou a fonte.
A cantora, de 36 anos, se casou com o rapper Mario Treadway, 30 anos, no dia 22 de maio em sua casa em Los Angeles

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Insaciável



"O amor comeu até os dias ainda não anunciados nas folhinhas. Comeu os minutos de adiantamento de meu relógio, os anos que as linhas de minha mão asseguravam. Comeu o futuro grande atleta, o futuro grande poeta. Comeu as futuras viagens em volta da terra, as futuras estantes em volta da sala.O amor comeu minha paz e minha guerra. Meu dia e minha noite. Meu inverno e meu verão. Comeu meu silêncio, minha dor de cabeça, meu medo da morte."

João Cabral de Mello Neto


Não é Fácil !!!

Tumblr_lcgigcbbr01qe0lfqo1_400_large

"Atiram a gente nesse mundo, nosso coração sente um monte de coisa desordenada, nosso cérebro pensa um monte de absurdo. E a gente ainda precisa ser superequilibrada para ganhar alguma coisa da vida. Como se só por estar aqui, aturando tanta maluquice, a gente já não devesse ganhar aí um desconto para também ser louco de vez em quando."



Tati Bernardi

Maldito Despertador


Maldito despertador . Foi a primeira coisa que eu falei quando acordei, e analisei minha cara amassada no espelho, depois de pegar desesperadamente o celular pra te ligar e pedir desculpas . Te prometer que não vou mais te deixar ir embora assim, sumir entre os meus braços, sem ao menos um beijo de despedida . Olho no celular, uma chamada perdida. Sorrio. Tudo bem, foi só um sonho, só um sonhoMaldito despertador  .
Relembro ."


Caio F. Abreu

A Minha Busca


“Enfrentar o inimigo invencível,
Tentar quando as forças se esvaem,
Alcançar a estrela inatingível:
Essa é a minha busca”

Dom Quixote, personagem de Miguel de Cervantes y Saavedra



Sêde a Sede do Meu Ser...

 "Sêde a sede do meu ser
cesse a minha sede
de ceder"


Alice Ruiz


101884722, Caspar Benson /fStop

"Dentro de alguns dias, um Ano Novo vai chegar a esta estação.
Se não puder ser o maquinista, seja o seu mais divertido passageiro.
Procure um lugar próximo à janela desfrute cada uma das paisagens que o tempo lhe oferecer, com o prazer de quem realiza a primeira viagem.
Não se assuste com os abismos, nem com as curvas que não lhe deixam ver os caminhos que estão por vir.
Procure curtir a viagem da vida, observando cada arbusto, cada riacho, beirais de estrada e tons mutantes de paisagem.
Desdobre o mapa e planeje roteiros.
Preste atenção em cada ponto de parada, e fique atento ao apito da partida.
E quando decidir descer na estação onde a esperança lhe acenou não hesite. Desembarque nela os seus sonhos...
Desejo que a sua viagem pelos dias do próximo ano, seja de PRIMEIRA CLASSE"



 Autor Desconhecido



 

domingo, 26 de dezembro de 2010

Dúvidas


“Depois, os telefones ocupados, os desencontros de ontem e hoje. Sunday, bloody Sunday. É tão difícil me comunicar com ele. Às vezes eu penso em desistir, eu acho que não agüento essa aprendizagem toda outra vez — fico tentado a desistir. Não sei bem por que insisto, posso dizer apenas frases feitas sobre isso, mas na verdade não sei. Na cozinha, lavando pratos, lembro muito de minha mãe — compreendo tanto mais ela, agora. Compreendo tudo muito mais. Dói e é incômodo. Vontade de não saber perdoar, de não ser compreensivo, tolerante — de não me contentar com o pouco — “amor malfeito, depressa, fazer a barba e partir”. O domingo tá acabando — já é tarde — amanhã a gente começa de novo. Eu me sinto às vezes tão frágil, queria me debruçar em alguém, em alguma coisa. Alguma segurança. Invento estorinhas para mim mesmo, o tempo todo, me conformo, me dou força. Mas a sensação de estar sozinho não me larga. Algumas paranóias, mas nada de grave. O que incomoda é esta fragilidade, essa aceitação, esse contentar-se com quase nada. Estou todo sensível, as coisas me comovem. Tenho regressões a estados antigos, às vezes, mas reajo, procuro me manter ligado às coisas novas que descobri. Mas tudo fica e se sucede — quase nunca dá tempo de você se orientar, escolher — não gosto de me sentir levado — e aqui não dá tempo. Muitos grilos agindo, muita dúvida, umas voltas de insegurança. Faz tempo ando transferindo uma porção de providências — como é que a gente faz pra se manter sempre alerta? Eu não agüento tanta atividade física e mental.”



Caio Fernando Abreu




96827838, Ashok Sinha /Stone







"O amor é uma espécie de preconceito.A gente ama o que precisa, ama o que faz a gente se sentir bem, ama o que é conveniente.Como pode dizer que ama uma pessoa quando há dez mil outras no mundo que você amaria mais se conhecesse?Mas a gente nunca conhece."






Charles Bukowski


Frágil

"Você tem tanta vontade de chorar, tanta vontade de ir embora. Para que o protejam, para que sintam falta. Tanta vontade de viajar para bem longe, romper todos os laços, sem deixar endereço. Um dia mandará um cartão-postal de algum lugar improvável. Bali, Madagascar, Sumatra. Escreverá: penso em você. Deve ser bonito, mesmo melancólico, alguém que se foi pensar em você num lugar improvável como esse. Você se comove com o que não acontece, você sente frio e medo. Parado atrás da vidraça, olhando a chuva que, aos poucos começa a passar."


Caio Fernando Abreu 



"....Deixa eu te dizer antes que o ônibus parta que você cresceu em mim dum jeito completamente insuspeitado, assim como se você fosse apenas uma semente e eu plantasse você esperando ver nascer uma plantinha qualquer, pequena, rala, uma avenca, talvez samambaia, no máximo uma roseira, é, não estou sendo agressivo não, esperava de você apenas coisas assim, avenca, samambaia, roseira, mas nunca, em nenhum momento essa coisa enorme que me obrigou a abrir todas as janelas, e depois as portas, e pouco a pouco derrubar todas as paredes e arrancar o telhado para que você crescesse livremente, você não cresceria se eu o mantivesse preso num pequeno vaso."



Caio Fernando Abreu



" (...) pelo amor e o que ele nega
pelo que dá e que cega
pelo que virá enfim,
não digo que a vida é bela
tampouco me nego a ela
– digo sim."

Ferreira Gullar

Uma Espécie de Dever

"Eu tenho uma espécie de dever, de dever de sonhar sempre, pois sendo mais do que uma espectadora de mim mesma, eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso. E assim me construo a ouro e sedas, em salas supostas, invento palco, cenário para viver meu sonho entre luzes brandas e músicas invisíveis"

Fernando Pessoa


sábado, 25 de dezembro de 2010


"Eu queria dizer era isso eu preciso muito muito de você eu quero muito muito você aqui de vez em quando nem que seja muito de vez em quando, você nem precisa trazer maçãs, nem perguntar se estou melhor, você não precisa trazer nada, só você mesmo, você nem precisa dizer alguma coisa no telefone basta ligar e eu fico ouvindo o seu silêncio juro como não peço mais que o seu silêncio do outro lado da linha ou do outro lado da porta ou do outro lado do muro ou do outro lado.”



Caio Fernando Abreu


Presente de Natal


" Sua falta de tempo me cansa. Suas frases sempre tão iguais me cansam. Estou cansada de não fazer parte da sua vida. Estou cansada de ser apenas aquela menina que você troca algumas palavrinhas bonitinhas.
Me sinto uma boba por ter acreditado naquele "nós" que nunca chegou, por ter me enganado tão facilmente com suas juras banais. Não entendo como criei tantas ilusões, logo eu que não costumo me apegar a sonhos e planos que não têm a menor chance de sair do papel.
Você realmente me enganou com essa de ser minha única possibilidade de paz, culpa talvez dessas retinas já tão fatigadas. Não queria suas palavras doces, queria você. Queria inteiro - embrulhado pra presente, lacinho vermelho e votos de um Feliz Natal.Queria que tivesse me tocado de verdade. Mas não adianta mais. Você deixou que eu me perdesse de você. Permitiu que as saudades que eu sentia fossem todas sufocadas, você foi me doendo um pouquinho menos a cada dia.
Eu não te espero mais. Às vezes eu nem lembro que ainda gosto de você "


Estella Barreto




quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Querido Papai Noel



“Mas esse ano fui uma menina boazinha e resolvi resgatar o 0,1% de crença que ainda existe em mim e te fazer esse pedido. Eu acredito, Papai Noel. Eu acredito no amor. Coisa que tá muito mais difícil de acreditar do que num velho fazedor de brinquedo e seus viadinhos sobrevoando nossas cabeças.”





Tati Bernardi


quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Quem Acredita no Impossível?

 " Pedra, com as unhas da espera, seu cume cego afia-se no céu. Cercado pelas curvas da cidade, aguardando sua passagem. Pedra, uma esfera arranha seu chapéu. Pedra, invadindo sua imagem. Seu colar de páginas. Na fila das setas secretas. Arrebenta com a miragem. Pedra, soterrando a revoada perpétua. Revoada perpétua! Pedra, não quero cantar contigo. Eu sempre achei que o amor, o grande amor, fosse incondicional. Que quando duas pessoas se encontram, que quando esse grande encontro acontece, você pode trair, brochar, dar todas as porradas, se for um grande o amor, ele voltará triunfal. Sempre. Mas não, nenhum amor é incondicional, então acreditar na incondicionalidade do amor, é decididamente precipitar o fim do amor, porque você acha que esse amor aguenta tudo, então de um jeito ou de outro você acaba fazendo esse amor passar por tudo, e um amor não aguenta tudo, nada nesse vida é assim. E aí você fala que esse amor não tem fim, para que o fim então comece. Um grande amor não é possível, talvez por isso seja grande. Então, assim, nele, obrigatoriamente, pode caber também o impossível. Mas quem acredita? Quem acredita no impossível, que não apaixonadamente? Como a um Deus, incondicionalmente. O mar quebra nas pedras. E as pedras requebram no mar."
Michel Melamed

Incertezas da Vida


                                              "pelos caminhos que ando
                                                        um dia vai ser
só não sei quando."



Paulo Leminski
"O saber a gente aprende com os mestres e os livros.
 A sabedoria, se aprende é com os humildes"

Cora Coralina




terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Paixão cruel desenfreada

"Eu nunca mais vou respirar se você não me notar, eu posso até morrer de fome se você não me amar."


Cazuza


Conscientização não resolve


"Gostar de alguém é função do coração, mas esquecer, não. É tarefa da nossa cabecinha, que aliás é nossa em termos: tem alguma coisa lá dentro que age por conta própria, sem dar satisfação.
Quem dera um esforço de conscientização resolvesse o assunto (...)"
Martha Medeiros
  

Indiferença On Line


"Hoje entrei no msn e la estava: ON LINE! Ultrajante!  Esse On LINE me causava um vendaval de sentimentos. Seriam demasiadas as palavras para descrever a cadência flutuante desse movimento entrecortado. Muda de tela, checa isso, checa aquilo, checa qualquer outra coisa, e de novo, e de novo... num zigue-zague impertinente voltei para a tela do msn e nada... nenhuma caixinha de dialogo aberta. Ultrajante!
Lembrei de Clarisse Lispector: "Por te falar eu te assustarei e te perderei? Mas se eu não te falar me perderei e por me perder eu te perderia".
Existem fatos que geram impulsos e especificamente este impulso me causou paralisia de modo tão sutil que implicava em culpa. Culpa que não se sabe da onde vem nem onde vai dar, não se sabe nem o motivo. Estranha vontade de pedir perdão. Perdão pelo que fiz, pelo que não fiz e até pelo que faria... ou não...
 Insistência é um caminho chato! Paro e pondero: passividade é um caminho burro! Sem saber dos desejos aonde iam dar, enfrentei a saudade, contive bravamente o impeto da falta e confesso! Confesso que a imobolidade doeu mais que um movimento abrupto. Se realizasse o ato banal vestiria novamente os fantasmas. Aquilo não me pertencia mais. As atenções não eram mais pra mim, os hábitos não eram mais meus, não tinha mais obrigação com o passado.
 Esperei mais um pouco a telinha piscar. Nada aconteceu. Ultraje! Sequei o rosto com os próprios punhos e fui... sem grilos de mim, sem desespero, sem tédio e sem fim.
 Fiquei indignadamente OFF LINE!"


Autor Desconhecido

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Mas é preciso ter força. É preciso ter garra . É preciso ter gana SEMPRE !...


"(...) de vez em quando
vem um vento bobo
e sopra: é preciso acreditar.
É preciso ter uma paciência revolucionária.
É preciso ter uma fé inquebrantável.

É preciso ter fantástica felicidade."


Chacal

Onde foram parar?


"Não sei onde foram parar aquelas minhas fantasias adolescentes sobre o amor. Acho que elas foram se despedaçando e indo embora junto com cada uma das pessoas que - perdoem-me pelo clichê piegas - partiram meu coração. E o mais ridículo é que mesmo sabendo que elas não passavam de fantasias adolescentes, no fundo eu ainda espero que alguém apareça e me diga "ei, olha o que eu achei na rua, suas fantasias adolescentes; quer de volta?"

Natalia Klein

"  Aquele um vai entrar um dia talvez por essa mesma porta, sem avisar. Diferente dessa gente toda vestida de preto, com cabelo arrepiadinho. Ele é de um jeito que ainda não sei, porque nem vi. Vai olhar direto para mim. Ele vai sentar na minha mesa, me olhar no olho, pegar na minha mão (...) Pra ele, me guardo. Ria de mim, mas estou aqui parada, bêbada, pateta e ridícula, só porque no meio desse lixo todo procuro o verdadeiro amor."


Caio Fernando Abreu


Mentiras Sinceras


“Então me vens e me chegas e me invades e me tomas e me pedes e me perdes e te derramas sobre mim com teus olhos sempre fugitivos e abres a boca para liberar novas histórias e outra vez me completo assim, sem urgências, e me concentro inteiro nas coisas que me contas, e assim calado, e assim submisso, te mastigo dentro de mim enquanto me apunhalas com lenta delicadeza deixando claro em cada promessa que jamais será cumprida, que nada devo esperar além dessa máscara colorida, que me queres assim porque é assim que és e unicamente assim é que me queres e me utilizas todos os dias, e nos usamos honestamente assim”



Caio Fernando Abreu

domingo, 19 de dezembro de 2010

Dúvidas & Conclusões


"E quando recebo suas mensagens de texto, ao longe, dizendo meio que genericamente que deseja tudo de bom e sente saudade, fico com vontade de perguntar se aquele recado chegou só pra mim ou foi disparado para toda lista do celular. Mas me recolho. Uma minúscula e ainda baixa “vozinha” me diz que além dos meus textos eu tenho também muitos charmes, graças e belezas. Além dos meus espinhos eu tenho também muitas flores. E que sim, eu posso ser amada. Porque não ter alguém agora, agarrado aos meus pés, não significa não ser um calo persistente até mesmo em solas curtidas e acostumadas com a corrida. Descubro coisas terríveis e maravilhosas a respeito do amor. As coisas são como são. E na hora certa."




Tati Bernardi

Uma Forma de PAZ




"(...) farei o possível para não amar demais as pessoas, sobretudo por causa das pessoas. Às vezes o amor que se dá pesa, quase como uma responsabilidade na pessoa que o recebe. Eu tenho essa tendência geral para exagerar, e resolvi tentar não exigir dos outros senão o mínimo. É uma forma de paz..."





Clarice Lispector

sábado, 18 de dezembro de 2010

"A música é a linguagem dos espíritos. Sua melodia é como uma brisa   saltitante   que   faz   nossas   cordas   estremecerem  de   amor quando   os   dedos   suaves   da  música  tocam  à   porta   de   nossos sentimentos (...)
  A alma da música nasce do espírito e sua mensagem brota do coração."

Khalil Gibran

98213262, Created by Tafari K. Stevenson-Howard /Flickr


O som fica melhor quando penso em você


Querer x Poder




Transformações Femininas

Quando uma mulher muda o cabelo, ela pretende mudar de vida.   Coco Chanel
"Quando uma mulher muda o cabelo, ela pretende mudar de vida. "


Coco Chanel


Vá em frente !


Não desista, vá em frente.Sempre há uma chance de vocêtropeçar em algo maravilhoso.Nunca ouvi falar em ninguémque tivesse tropeçado em algoenquanto estava sentado. ゚・。.。・゚Caio Fernando Abreu

"Não desista, vá em frente. Sempre há uma chance de você tropeçar em algo maravilhoso.Nunca ouvi falar em ninguém que tivesse tropeçado em algo enquanto estava sentado."



Caio Fernando Abreu

A Superação

"Mas quase nem doeu, meses seguintes. Pois veio a primavera e trouxe tantos roxos e amarelos para a copa dos jacarandás tantos reflexos azuis e prata e ouro na superfície das águas do rio, tanto movimento nas caras das pessoas com suas deliciosas histórias de vivas desimportâncias, e formas pelas nuvens — um dia, um anjo —, nas sombras do jardim pela tardinha — outro dia, duas borboletas (...) havia ainda as doçuras alheias (...)  e golpes de fé irracional em algum milagre de science fiction, por vezes avisos mágicos nas minúsculas plumas coloridas caídas pelos cantos da casa. E principalmente, manhãs. Que já não eram de agosto, mas de setembro e depois outubro e assim por diante até o janeiro do novo ano que, em agosto, nem se atrevera a supor.Estou forte, descobriu certo dia (...) Porque não morri, porque é verão e eu quero ver, rever, transver, milver tudo que não vi (...)"
Caio Fernando Abreu

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010


"Porque eu me levanto para recolher você no meu abraço, e o mato à nossa volta se faz murmuroso e se enche de vaga-lumes enquanto a noite desce com seus segredos, suas mortes, seus espantos - eu sei, ah, eu sei que o meu amor por você é feito de todos os amores que eu já tive, e você é a filha dileta de todas as mulheres que eu amei; e que todas as mulheres que eu amei, como tristes estátuas ao longo da aléia de um jardim noturno, foram passando você de mão em mão até mim, cuspindo no seu rosto e enfeitando a sua fronte de grinaldas; foram passando você até mim entre cantos, súplicas e vociferações - porque você é linda, porque você é meiga e sobretudo porque você é uma menina com uma flor."

 Vinicius de Moraes

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Estratégias


“Quer um conselho?Ele lembrará de falar com você, quando você esquecer de falar com ele.”

“Quer um conselho?
 Ele lembrará de falar com você, quando você esquecer de falar com ele.”



Das Promessas

"A vida é curta, o paraíso que é eterno!"    (A Cor Púrpura)

"Eu vou cuidar, eu cuidarei muito bem dele
Eu vou cuidar
Eu cuidarei do seu jantar
Do céu e do mar, e de você e de mim "


Nando Reis

♫ ♪ ...Só por hoje não vou tomar minha dose de você... ♪ ♫   (Pitty)
♫ ♪ ...Só por hoje não vou tomar minha dose de você... ♪ ♫


Pitty
 
 

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Varias maneiras de te encontrar

"Te busco por telefone, telegrama e telepatia..."
Caio F.

Terrorismo


"Machucamos com a voz, mas para torturar mesmo, só com o silêncio"


Carpinejar


Ligações Perigosas


"Um telefone ao alcance da mão, um número decorado na cabeça e uma aflição no coração. É aí que mora o perigo..." (Martha Medeiros)

"Um telefone ao alcance da mão, um número decorado na cabeça e uma aflição no coração. É aí que mora o perigo..."



Martha Medeiros


 
"Duas coisas cabem a mim: a 1ª é tentar, a 2ª é torcer para que dê certo." (Kléber Novartes)
"Duas coisas cabem a mim: a 1ª é tentar, a 2ª é torcer para que dê certo."


Kléber Novartes


O Grande Medo


Você vai me abandonarrepetiu sem som, a boca movendo-se muito perto do fone e eu nada posso fazer para impedir. Você é o meu único laço, cordão umbilical, ponte entre o aqui de dentro e o lá de fora. Te vejo perdendo-se todos os dias entre essas coisas vivas onde não estou.Tenho medo de, dia após dia, cada vez mais não estar no que você vê.
E tanto tempo terá passado, depois, que tudo se tornará cotidiano e a minha ausência não terá nenhuma importância.
Serei apenas memória, alívio, enquanto agora sou uma planta carnívora exigindo a cada dia uma gota de sangue para manter-se viva.
 Você rasga devagar o seu pulso com as unhas para que eu possa beber, mas um dia será demasiado esforço, excessiva dor, e você esquecerá de mim como se esquece um compromisso sem muita importância. Uma fruta mordida apodrecendo em silêncio no prato"



Caio F. Abreu

Se joga !

 

"Então não há nada mais sensato a fazer do que soltarmos as mãos dos trapézios, perdermos a frágil segurança de nossas solidões e nos enlaçarmos em pleno ar. Talvez nos esborrachemos. Talvez saiamos voando. Não temos como saber se vai dar certo - o verdadeiro encontro só se dá ao tirarmos os pés do chão, mas a vida não tem nenhum sentido se não for para dar o salto."



Antônio Prata

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010


"Meu coração é um poço de mel, no centro de um jardim encantado, alimentando beija-flores que, depois de prová-lo, transformam-se magicamente em cavalos brancos alados que voam para longe, em direção à estrela Veja. Levam junto quem me ama, me levam junto também.Faquir involuntário, cascata de champanha, púrpura rosa do Cairo, sapato de sola furada, verso de Mário Quintana, vitrina vazia, navalha afiada, figo maduro, papel crepom, cão uivando pra lua, ruína, simulacro, varinha de incenso.Acesa, aceso – vasto, vivo: meu coração teu."



 Caio Fernando Abreu


sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

"Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar."

 
Cora Coralina

Incondicional

"Para um cão,você não precisa de carrões,de grandes casas ou roupas de marca. Símbolos de status não significavam nada para ele.
 Um graveto já está ótimo. Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro. Um cão não julga os outros por sua cor, credo ou classe, mas por quem são por dentro. Dê seu coração a ele, e ele lhe dara o dele. É realmente muito simples, mas, mesmo assim, nós humanos, tão mais sábios e sofisticados, sempre tivemos problemas para descobrir o que realmente importa ou não. De quantas pessoas você pode falar isso? Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial? Quantas pessoas fazem você se sentir extraordinário?"



John Grogan - Marley & Eu

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Dói sem remédio


"Então eu te disse que o que me doíam essas esperas, esses chamados que não vinham e quando vinham sempre e nunca traziam nem a palavra e às vezes nem a pessoa exata. E que eu me recriminava por estar sempre esperando que nada fosse como eu esperava, ainda que soubesse."
CAIO FERNANDO ABREU

Quem Acredita Sempre Alcança


"O que há de ser tem muita força, Maria. Arreda a tristeza que seu dia há de chegar."



Hoje é dia de Maria


segunda-feira, 6 de dezembro de 2010


"Vou ver novela.
Tá decidido.
Uma preguiça em arrumar homem.
Novela pelo menos avisa:
"É a última semana!”.Homem some no auge da primeira."

Tati Bernardi